Mercado lança fundo de empresas sustentáveis

O banco Bradesco lançou neste mês o seu primeiro fundo de investimento voltado a ações de empresas que fazem parte do Índice de Sustentabilidade Social, o fundo Prime FIC FIA - ISE. O índice foi criado pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) no final do ano passado e reúne 34 ações de 28 empresas consideradas socialmente responsáveis, sustentáveis e rentáveis. Essas ações criam perspectiva de menor risco já que essas empresas estariam mais preparadas para enfrentar riscos econômicos, sociais e ambientais. O mercado já conta com fundos desse tipo lançados em dezembro passado do Banco do Brasil e do HSBC. No Bradesco, o valor mínimo de aplicação é de R$ 2 mil, as aplicações adicionais devem ser acima de R$ 1 mil e a taxa de administração é de 2,5% ao ano. No HSBC, o FIA HSBC Sustentabilidade Empresarial tem aplicação mínima exigida de R$ 1 mil e taxa de administração de 2,5% ao ano. No BB, a aplicação inicial mínima é de R$ 200 e a taxa de administração de 2% ao ano. As ações que fazem parte do índice são América Latina Logística (ALL), Aracruz, Belgo Mineira, Bradesco, Banco do Brasil, Braskem, CCR Rodovias, Celesc, Cemig, Cesp, Copel, Copesul, CPFL Energia, Dasa, Eletrobrás, Eletropaulo, Embraer, Gol, Iochp-Maxion, Itaubanco, Itausa, Natura, Perdigão, Suzano Papel, Tractebel, Unibanco, VCP e Weg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.