Mercado reduz euforia sobre trajetória da Bolsa

Termômetro Broadcast mostra que entre 29 participantes, 51,72% disseram que a expectativa é de alta, bem abaixo do patamar de 75,86% do levantamento anterior

O Estado de S.Paulo

08 Dezembro 2018 | 04h00

O mercado financeiro reduziu a euforia sobre o desempenho do Ibovespa na próxima semana (10 a 14 de dezembro), mostra o Termômetro Broadcast Bolsa, que tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do índice na semana seguinte.

A percepção de que a Bolsa terá ganhos, contudo, segue majoritária. Entre 29 participantes, 51,72% disseram que a expectativa é de alta, bem abaixo do patamar de 75,86% do levantamento anterior. Por outro lado, a parcela dos que veem queda para a Bolsa saltou de 17,24% para 31,03%. A fatia dos que esperam estabilidade também cresceu, de 6,90% para 17,24%. A Bolsa teve perda de 1,55% na semana.

Os holofotes seguirão na próxima semana voltados à questão comercial entre China e Estados Unidos, com possíveis desdobramentos da prisão de uma executiva de uma companhia chinesa da área de telecomunicações, e também aos dados da economia americana, em meios aos receios de que o país possa entrar em recessão. Entre os indicadores, os destaques são os índices de inflação ao produtor e ao consumidor nos Estados Unidos de novembro, na terça e na quarta-feira. Na China, estão previstos ao longo da semana dados do comércio exterior, produção industrial e varejo.

Na Europa, as atenções estarão sobre o Reino Unido, onde o parlamento vota o acordo do Brexit na terça-feira. Na quinta-feira, haverá reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

A semana também é de decisão de política monetária no Brasil. Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia sua decisão, e a expectativa do mercado é pela manutenção da Selic em 6,50%. Entre os indicadores econômicos, serão divulgados números do varejo e do setor de serviços relativos a outubro.

Na B3, haverá, no dia 12, vencimento de opções sobre Ibovespa.

 

Mais conteúdo sobre:
bolsa de valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.