Merrill Lynch recomenta compra de ação da Telesp

O banco de investimentos Merrill Lynch está recomendando a compra de ações da empresa Telesp (TSP) para seus clientes estrangeiros. Segundo a instituição, o preço-alvo para os ADRs da empresa é US$ 26. Por volta das 15 horas, o papel era cotado a US$ 23,79, com alta de 3,43% em relação ao fechamento de sexta-feira da Bolsa de Nova York. Os analistas Mauricio Fernandes, Jonathan P. Groberg e Gláucia Renda explicam que sugestão de compra "incorpora a nova previsão de câmbio do Merrill Lynch, que resulta em novo valor de rendimento de fluxo de caixa descontado (DCF), o que implica em 10% de apreciação de capital; isto, combinado com dividendo de 15%, provê um retorno total para o investidor de 25%". O banco também entende que uma potencial fusão com a líder da telefonia celular no Brasil, Vivo, será positiva para os papéis da TSP. Para o Merrill Lynch, uma fusão TSP/Vivo liberaria sinergia e aumentaria a liquidez da TSP, entre outras vantagens. Também foram elevadas as estimativas de lucro por ADR em 2006 e 2007. Para 2006, a previsão é de lucro por ADR de US$ 2,51 (alta de 13%) e para 2007, de US$ 2,57 (alta de 11%). O banco ressalta que, apesar de ver como positiva uma fusão com a Vivo, tal possibilidade não foi levada em conta na elevação de estimativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.