Metais avançam após acordo de ajuda à Grécia impulsionar euro

Cobre operava em alta de US$ 55,50 sobre o fechamento de ontem, a US$ 7.490 por tonelada

Danielle Chaves, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 09h24

Os metais básicos operam em alta na London Metal Exchange (LME), impulsionados pelo fortalecimento do euro diante do dólar. No entanto, com exceção do níquel, os contratos permanecem dentro das faixas recentes de oscilação.

 

O euro avançou depois que líderes europeus apoiaram um acordo segundo o qual irão, junto com o Fundo Monetário Internacional (FMI), socorrer a Grécia caso os problemas de dívida do país se intensifiquem. Com os ganhos do euro, as commodities em geral subiram. As principais bolsas europeias, porém, recuam levemente por causa da falta de detalhes sobre o acordo.

 

"No momento, as preocupações diminuíram", disse um operador de Londres. O níquel é o único metal cujos preços saíram de dentro dos limites recentes, o que está atraindo algumas compras técnicas, segundo o operador. "Não há nenhuma notícia que justifique o rali. Alguém puxou (o preço) para cima e agora ele está se alimentando", acrescentou.

 

As faixas estreitas de variação dos preços vão prosseguir, já que muitos fundos que investem em commodities estão esperando um movimento maior no mercado de câmbio ou notícias macroeconômicas que surpreendam. "Depois de uma semana confusa, a solução para a União Europeia pode levar a um rali de alívio, o que parece já estar em andamento", afirmou Will Adams, analista da BaseMetals. Hoje será anunciado o Produto Interno Bruto (PIB) final dos EUA no quarto trimestre do ano passado.

 

Pouco antes das 8h (de Brasília), o cobre operava em alta de US$ 55,50 sobre o fechamento de ontem, a US$ 7.490 por tonelada. O alumínio subia US$ 14, para US$ 2.232 por tonelada; o zinco avançava US$ 14,50, para US$ 2.259,50 por tonelada; o níquel ganhava US$ 570, para US$ 23.390 por tonelada; o chumbo subia US$ 17, para US$ 2,093,50 por tonelada; e o estanho tinha alta de US$ 245, para US$ 17.700 por tonelada. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
metaiscobreLME

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.