Metais interrompem rali e têm leve queda

Os metais básicos deram uma pausa no rali registrado na semana passada e operam em leve queda na London Metal Exchange (LME), enquanto a arbitragem com o cobre entre Londres e Xangai diminui e as bolsas europeias apresentam desempenho fraco. Além disso, o dólar voltava a subir diante do euro, depois de sofrer desvalorização mais cedo.

Danielle Chaves, da Agência Estado,

22 de fevereiro de 2010 | 09h36

 

O mercado de metais está recebendo suporte das expectativas de que a China vai voltar às compras agora que acabou o feriado do Ano Novo Lunar. No entanto, as atividades desta segunda-feira até agora desapontaram e a arbitragem - ou a diferença de preço que nas últimas semanas favoreceu a importação de cobre pela China - diminuiu entre as bolsas de valores de Londres e Xangai.

 

Há preocupações no mercado de que a China possa estar bem abastecida e, portanto, deva consumir os metais importados no ano passado em vez de fazer novas compras, segundo Robin Bhar, do Credit Agricole Corporate & Investment Bank. "Mas se a realidade atender às expectativas, então os aumentos de preço podem ser sustentados", afirmou.

 

Bhar acrescentou que os prêmios têm aumentado para os metais que vão para Xangai, o que é uma indicação de que a demanda na China está crescendo. Por enquanto, porém, alguma consolidação pode ocorrer, observou Bhar. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
metaisLME

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.