Metais operam em queda após volume fraco de negociação na China

Mercados chineses voltam a funcionar depois de um feriado de três dias

Danielle Chaves, da Agência Estado,

27 de setembro de 2010 | 09h39

Os metais básicos operam majoritariamente em queda, pressionados pelas fracas negociações na China nesta segunda-feira, quando os investidores voltaram de um feriado de três dias.

 

Os contratos futuros de metais subiram levemente na Bolsa de Valores de Xangai, na China, mas os preços não conseguiram igualar o rali observado na London Metal Exchange (LME) na semana passada, o que levou alguns participantes europeus do mercado a prever uma leve correção no restante da semana.

 

"Eu estava esperando que os chineses fossem mais agressivos" na volta do feriado, mas os preços em Xangai não tiveram força e muitos investidores chineses entrarão em feriado novamente nesta semana, afirmou um operador de Londres. Os volumes de negociação dos metais básicos na China provavelmente continuarão baixos porque o país iniciará um feriado de uma semana a partir de sexta-feira.

 

Will Adams, analista da BaseMetals.com, observou que ainda há preocupações com a saúde da economia global, particularmente a dos EUA. Embora um dólar fraco torne as commodities denominadas na moeda norte-americana mais baratas, também é evidência de que a economia dos EUA ainda enfrenta dificuldades para voltar a crescer, assim como as especulações de mais afrouxamento quantitativo pelo Federal Reserve, o banco central do país.

 

Por volta das 8h (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) caía 0,3%, para US$ 7.918,25 por tonelada, enquanto o alumínio recuava 0,4%, para US$ 2.308 por tonelada. O zinco cedia 1,4%, para US$ 2.216 por tonelada, e o chumbo declinava 0,7%, para US$ 2.280 por tonelada. Os ganhadores eram o níquel, com alta de US$ 0,9%, para US$ 23.090 por tonelada, e o estanho, com avanço de 0,9%, para US$ 23.625 por tonelada.

 

Na Comex eletrônica, o cobre para dezembro tinha queda de 0,29%, para US$ 3,6075 por libra-peso, às 8h27 (de Brasília). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LMEmetaisChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.