Metais preciosos recuperam-se após comunicado do FED

 Contratos futuros ganharam fôlego nos momentos finais da sessão, enquanto investidores analisam minúcias do comunicado

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

20 de junho de 2012 | 16h42

Os contratos futuros de metais preciosos recuperaram-se das mínimas do dia nos momentos finais da sessão desta quarta-feira na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York (Nymex), enquanto os investidores analisavam as minúcias do comunicado divulgado ao término da reunião de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve Bank, o banco central norte-americano.

Enquanto a prata conseguiu forças para fechar em território positivo, o ouro fechou em queda, mas relativamente perto da estabilidade se comparado com as mínimas da sessão. "Houve uma sutil melhora da política acomodatícia do Fed. O fato é que ele está proporcionando estímulo e isso já é mais do que o que tínhamos antes", avaliou Jason Schenker, presidente da Prestige Economics.

A prata para entrega em julho fechou em alta de US$ 0,022 (0,07%), a US$ 28,930 por onça-troy. Já o ouro para entrega em agosto chegou a ser brevemente cotado abaixo do nível de US$ 1.600 antes de recuperar-se e fechar em queda de US$ 7,40 (0,46%), a US$ 1.615,80 por onça-troy. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.