Microsoft compra criadora do game 'Minecraft'

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira a compra, por US$ 2,5 bilhões, da empresa sueca Mojang, criadora do game "Minecraft". O jogo foi lançado em 2009 e rendeu cerca de US$ 100 milhões aos criadores, depois de ter vendido mais de 50 milhões de cópias para computadores pessoais, smartphones e videogames.

Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2014 | 13h09

A aquisição da Mojang é mais estratégica do que financeira para a Microsoft, que tem se esforçado para ampliar sua atuação no negócio de smartphones. O Minecraft é um dos mais populares games para dispositivos móveis, embora o jogo ainda não tenha uma versão para o sistema operacional da Microsoft para celulares. Além disso, um mês de operações da gigante de tecnologia gera dinheiro suficiente para bancar a compra da empresa sueca.

O que há de risco é a possibilidade dos investidores ficarem em dúvida sobre qual é a estratégia da Microsoft, já que muitos acionistas ainda estão irritados com a aquisição das operações de celulares e smartphones da Nokia, por US$ 9,5 bilhões, no ano passado; e, depois de ter assumido a presidência da companhia, em fevereiro deste ano, Satya Nadella declarou que a Microsoft deveria dobrar seus esforços naquilo que faz de melhor: vender softwares. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMicrosofMinegraftcompraMojang

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.