Milão sobe 0,78% com reação positiva à pesquisa IFO

Na Bolsa de Milão, o índice S&P-Mib fechou em alta de 277 pontos (0,78%), em 35.929 pontos. Traders atribuíram a alta à reação positiva dos investidores à pesquisa do instituto IFO; os principais índices recuaram das máximas do dia depois de as Bolsas dos EUA abrirem "de lado". Um trader recomendou cautela durante a temporada de divulgação de informes de resultados das empresas. Entre os destaques do pregão estavam Telecom Italia (+1,39%), Unicredito Italiano (+1,59%) e Fiat (+2,59%). As da Bulgari avançaram 6,18%, em meio a rumores de que os acionistas majoritários estariam para vender sua participação na empresa (a companhia negou os rumores). Nesta quinta-feira, o mercado estará atento aos balanços de grandes empresas norte-americanas e ao indicador de encomendas de bens duráveis nos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.