MMX arrenda direitos da MMX Corumbá para a Vetria

A MMX celebrou, por meio de sua controlada, MMX Corumbá Mineração o arrendamento de direitos minerários localizados em Corumbá, Mato Grosso do Sul, para a Vetria Mineração, sociedade controlada pela ALL e Triunfo em conjunto com a Vetorial Participações. Também foram cedidos alguns contratos à Vetorial Mineração, segundo a MMX. A Vetria atua no beneficiamento, transporte, comercialização e exportação de minério de ferro.

FÁTIMA LARANJEIRA, Agência Estado

29 de julho de 2014 | 18h01

O arrendamento dos direitos minerários da MMX Corumbá contempla unidade de beneficiamento de minério de ferro com capacidade de produção atualmente de 2 milhões de toneladas de minério de ferro por ano; requerimentos e concessão de lavra, e requerimentos e alvarás de pesquisa correspondentes a uma área de mais de 100.000.000 m?, e estoque de minério de ferro já lavrado.

O valor do arrendamento é fixo e anual de US$ 500 mil a ser pago em parcelas mensais, correspondentes a 1/12, em reais, do referido montante, a partir do quarto mês da data de sua celebração e vigente pelo prazo de 36 meses, valor que poderá ser parcialmente abatido na hipótese de conclusão da compra pela Vetria da totalidade das ações de emissão da MMX Corumbá.

A referida transação contempla, ainda, a assinatura de documento para aquisição futura, pela Vetria, da totalidade das ações de emissão pela MMX Corumbá.

Segundo as empresas, tanto o arrendamento dos direitos minerários como a eventual aquisição da totalidade das ações de emissão da MMX Corumbá pela Vetria estão condicionados ao cumprimento de condições suspensivas, como a obtenção de aprovações por parte das autoridades competentes, dentre elas a liberação do arrolamento fiscal que atualmente recai sobre as ações de emissão da MMX Corumbá, para fins de venda do ativo.

Tudo o que sabemos sobre:
MMXMMX CorumbáVetria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.