Morningstar: Vale suportará crise do preço de minério

O crescimento da demanda chinesa por minério de ferro desacelerará "dramaticamente" e o mercado ficará "bem abastecido", resultando em preços mais baixos, de acordo com um relatório da Morningstar. A companhia reduziu a previsão de preço de minério de ferro no longo prazo em 17%, para US$ 75 por tonelada, a partir de US$ 90 por tonelada.

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2014 | 14h17

Isto terá um "impacto significativo" nas mineradoras de minério de ferro, particularmente as "de alto custo". A BHP Billiton, a Rio Tinto e a Vale serão as sobreviventes porque são "mais bem colocadas para suportar a crise e devem emergir com participações de mercado (market shares) consolidadas". Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.