Não há problema de oferta de crédito a PME, diz Bradesco

O presidente do Bradesco, Luiz Cralos Trabuco Cappi, disse nesta quinta-feira, 31, não haver problema de oferta de crédito para pequenas e médias empresas. "As carteiras estão abertas", disse ele. O segmento de micro, pequenas e médias empresas representou 25,8% da carteira de crédito do Bradesco no segundo trimestre, de R$ 435,2 bilhões. De abril a junho, os empréstimos para esse segmento recuaram 0,5% ante os três meses imediatamente anteriores, para R$ 112,180 bilhões. Em um ano, porém, foi visto aumento de 3,7%.

ALINE BRONZATI, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2014 | 14h48

O diretor-executivo do Bradesco Luiz Carlos Angelotti, lembrou que o banco tem R$ 28 bilhões pré-aprovados para empresas que faturam entre R$ 600 mil e R$ 3 milhões por ano. Até junho, segundo ele, somente 10% desse montante foi utilizado. "Esses recursos estão à disposição dos clientes. Grande parte desse valor é capital de giro", afirmou.

Compra de carteira

Trabuco disse ainda que o Bradesco tem interesse em comprar carteiras de crédito de outros bancos apesar de no trimestre ter reduzido o volume. "Redução não foi decisão de não fazê-la, mas não houve oferta substantiva", explicou. Na semana passada, o Banco Central liberou depósitos compulsórios para a compra de carteiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Bradescobalanço2º trimestrePMEs

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.