Nasdaq cai, com perdas de ações de tecnologia

Nas Bolsas de Nova York, os índices Dow Jones e S&P-500 permanecem em leve alta, enquanto o Nasdaq continua preso em território negativo, pressionado pela fraqueza das ações do setor de tecnologia, com os investidores olhando para a temporada de balanços do segundo trimestre em busca de um catalisador para um movimento de alta. "O amplo mercado está subindo com exceção da tecnologia", disse o estrategista-chefe de mercado da Spencer Clarke LLC, Michael Sheldon. "Os mercados de ações estão tentando se estabilizar depois da liquidação de sexta-feira", acrescentou. O volume negociado até agora é fraco, com cerca de 834 milhões de ações na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês) e 1,03 bilhão de ações no Nasdaq. O analista da Merrill Lynch Joe Osha disse que espera ver um "piora significativa" na receita do segundo trimestre das empresas de semicondutores, uma vez que o setor sofre das conseqüências do excesso de embarques no final de 2005 e início de 2006. As ações da blue chip (empresa com ações de primeira linha) Intel registram queda de mais de 2%. A temporada de balanços de empresas norte-americanas começa hoje com a divulgação do resultado da blue chip Alcoa, depois do fechamento do mercado. A mediana das estimativas de analistas ouvidos pela pesquisa Thompson Financial é de um lucro de US$ 0,85 por ação para a gigante fabricante de alumínio. Às 16h30 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 24 pontos (0,22%), o Nasdaq caía 14 pontos (0,69%) e o S&P-500 avançava 2 pontos (0,17%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.