Nasdaq fecha em leve alta, mas Dow Jones e S&P recuam

Deflação e risco de "duplo mergulho" da economia norte-americana continuam no foco das preocupações

Renato Martins, da Agência Estado,

20 de agosto de 2010 | 18h13

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em direções divergentes, o Dow Jones e o S&P-500 em queda e o Nasdaq em leve alta. Tanto o Dow Jones como o S&P-500 agora acumulam duas semanas consecutivas de quedas. "O mundo estava OK duas semanas atrás e agora não está OK, porque todo mundo está preocupado com deflação e com a possibilidade de uma recessão de ''duplo mergulho''", disse Frank Ingarra Jr., gerente de carteira da Hennessy Funds.

Além de indicadores fracos, a semana também foi marcada por anúncios de fusões e aquisições; foi a semana mais ativa do ano nesse aspecto. Embora muitos investidores tenham comemorado, Ingarra observou que a intensificação das aquisições mostra como as empresas estão cautelosas em relação a como crescer: elas estão evitando contratar mais funcionários e investir na expansão de instalações, preferindo unir-se a outras companhias. "É bom para o mercado e vai ajudar a estabelecer um patamar, mas no curto prazo pode-se esperar alguma negatividade, porque as fusões levam à falta de crescimento no emprego", disse Ingarra.

O dólar subiu frente ao euro, depois de o presidente do banco central alemão (e diretor do Banco Central Europeu) Axel Weber dizer que a retirada dos estímulos à economia da zona do euro não deve acontecer antes do primeiro trimestre de 2011. Isso fez caírem as ações de empresas que obtêm a maior parte de sua receita em outras moedas que não o dólar, como General Electric (-1,44%) e Microsoft (-0,90%). As ações do setor de petróleo caíram, em reação à nova baixa dos preços do produto (ExxonMobil -0,67%, Chevron -1,04%).

As ações da Dell, que havia divulgado resultados ontem depois do fechamento, subiram 0,25%; as da Hewlett-Packard (HP) caíram 2,23%. As ações da Tyco International subiram 5,34%, depois de a Standard & Poor''s anunciar que elas passarão a compor o índice S&P-500 a partir de 26 de agosto, substituindo as da Smith International, cujo capital será fechado após a aquisição da empresa pela Schlumberger.

O índice Dow Jones fechou em queda de 57,59 pontos (-0,56%), em 10.213,62 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 0,81 ponto (0,04%), em 2.179,76 pontos. O S&P-500 fechou em baixa de 3,94 pontos (-0,37%), em 1.071,69 pontos. Na semana, o Dow Jones acumulou uma queda de 0,87%, o Nasdaq, uma alta de 0,29% e o S&P-500, um recuo de 0,70%. Os três índices chega ao fim da semana acumulando quedas desde o começo do ano (-2,06% no caso do Dow Jones, -3,94% no caso do Nasdaq e -3,89% no caso do S&P-500). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.