Net decide elevar investimento em R$ 300 mi

A Net Serviços decidiu elevar em R$ 300 milhões os investimentos previstos para os próximos 12 meses. A companhia decidiu ampliar a cobertura de sua rede bidirecional de 2,8 milhões de lares para 4,5 milhões. Essa decisão elevará o nível do endividamento atual, de R$ 650 milhões, para cerca de R$ 1 bilhão. Dessa forma, a relação entre dívida líquida e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) deve sair de 0,8x para aproximadamente 1,4x.Segundo a empresa, os recursos aplicados nesse projeto permitirão que a infra-estrutura bidirecional alcance quase a totalidade dos domicílios de classes A e B dentro de sua área de cobertura, além da expansão do serviço digital para, pelo menos, cinco outras cidades. O objetivo desse investimento é "poder alongar de modo sustentável o atual ciclo de crescimento", diz a Net.No terceiro trimestre deste ano, a companhia investiu R$ 93,7 milhões, acumulando um total de R$ 286,8 milhões em 2006. Do total aplicado, 93% são gastos variáveis - sendo 81% referente a instalação de assinante, 5,7% em redes internas de prédios, 6,6% na central do Vírtua, 5,8% em tecnologia da informação (TI) e 1,4% em investimentos gerais.Em relação ao aumento da dívida, a Net afirma que as responsabilidades terão um calendário de amortização mais longo e um custo mais baixo que os atuais vencimentos. "Isso faz com que o avanço da relação dívida líquida sobre Ebitda ocorra de forma segura e dentro dos limites totalmente gerenciáveis", diz a companhia. Além disso, explica que a decisão de elevar os investimentos considerou a estabilidade da economia brasileira, a maior previsibilidade do crescimento do mercado de usuários de internet no Brasil e a consolidação da plataforma digital.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2006 | 09h23

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.