Nieto decidirá quais projetos a Pemex vai manter

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, afirmou que seu governo vai decidir nesta semana quais projetos a estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) vai manter sob a recentemente aprovada reforma do setor energético do país.

Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2014 | 16h49

Ao assinar a legislação que abre os setores de petróleo e eletricidade ao investimento privado, Peña Nieto disse que o governo também vai identificar quais áreas serão sujeitas à primeira rodada de licitação, para que as empresas interessadas possam se preparar. "Esse é o momento de colocar a reforma do setor de energia em ação", declarou.

Pela reforma, que abre a exploração e a produção de petróleo e gás para empresas privadas e estrangeiras pela primeira vez desde 1938, a Pemex tem a prioridade para escolher quais projetos quer manter. Na proposta apresentada em março ao Ministério da Energia, a Pemex pretendia manter 83% das reservas provadas de hidrocarbonetos do país, incluindo depósitos já em produção, e cerca de 30% das reservas potenciais de petróleo e gás.

Os reguladores têm até 17 de setembro para determinar quais reservas a Pemex vai manter, mas Peña Nieto afirmou que a decisão será tomada na quarta-feira. A Pemex também vai decidir para quais áreas quer atrair parceiros privados, o que acontecerá pela primeira vez nos 76 anos de história da estatal. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Pemexreformainvestimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.