Nikkei avança após fortes perdas durante a semana

 Recuperação foi puxada por ações da Honda Motor e da Fujifilm Holdings, que avançaram  1,60% e  2,74%, respectivamente

05 de fevereiro de 2014 | 05h57

A Bolsa de Tóquio voltou a fechar no positivo depois de dois pregões em forte queda. O índice Nikkei encerrou o dia em alta de 1,2%, aos 14.180,38 pontos. Ontem, o índice registrou forte queda de 4,2% depois de perder 2,0% na segunda-feira.

Em um pregão de recuperação diante das fortes perdas acumuladas durante a semana, as ações de algumas empresas exportadoras se beneficiaram de um dólar mais caro. Os papéis da Honda Motor subiram 1,60% e os da Fujifilm Holdings avançaram 2,74%. No horário de fechamento da Bolsa de Tóquio, o dólar operava a 101,45 ienes, de 100,92 ienes no fim do pregão de terça-feira.

O pregão também foi influenciado por perspectivas positivas de empresas. Após as negociações de terça-feira a Toyota e a Hitachi projetaram que irão registrar lucro operacional recorde para o ano fiscal que se encerra em março. As ações da Toyota subiram 6,0% e as da Hitachi se valorizaram 2,8%.

Durante o pregão, as ações da Panasonic chamaram atenção com ganhos de 19,13% depois de a empresa anunciar lucro para os três primeiros trimestres do ano fiscal da empresa, o que não acontecia há três anos. Os papéis da Sony também entraram em destaque e avançaram 4,58% após rumores do mercado indicarem que a empresa está negociando a venda da unidade de computadores pessoais Vaio para um fundo Japan Industrial Partners.

Nos EUA, o dia também foi de recuperação ontem, quando as moedas se recuperaram e as ações nos mercados emergentes se estabilizaram. Agora, o foco dos investidores deve se voltar para a divulgação de dados de emprego nos EUA, com destaque para o relatório de emprego, que será publicado na sexta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.