Nikkei encerra em baixa com queda de empreiteiras

Tóquio, 13/11/2013 - As bolsas de Tóquio tiveram leve queda nesta quarta-feira, com a realização de lucros incentivada pelo dólar estável. Grandes empresas de construção como a Taisei sofreram com a venda massiva de suas ações, mas a queda foi compensada pela performance elevada de companhias como a Sumitomo Mitsui Financial Group e a Pioneer, impulsionadas por resultados positivos. O índice Nikkei caiu 0,2%, aos 14.567,16 pontos, ante uma alta de 2,2% na sessão anterior.

AE, Agencia Estado

13 de novembro de 2013 | 07h17

"A pausa no avanço recente do dólar permitiu uma consolidação necessária ao mercado de ações", disse o gerente geral da Chibagin Asset Management, Yoshihiro Okumura, referindo-se à alta de 3,5% do Nikkei na segunda e na terça-feira. "Mas a possibilidade de o dólar ultrapassar a marca dos 100 ienes no curto prazo e causar uma valorização das ações com certeza ainda não está descartada", ele acrescentou.

As ações de empresas dependentes do câmbio perderam espaço. Os ativos da empresa de telecomunicações KDDI caíram 2%, após subirem quase 9% nos últimos dois dias. A queda nas ações de empresas de grandes empreiteiras também pesaram sobre a bolsa, com a Taisei desvalorizada em 3,1% e a Obayashi perdendo 4,4%. Para compensar, resultados de empresas como a Mitsui Financial Group incentivaram o apetite dos investidores, e as ações da empresa subiram 1,6%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.