Nikkei tem maior ganho porcentual desde 9 de setembro

O índice Nikkei subiu 2,2%, encerrando os negócios aos 14.588,68 pontos, puxado pela valorização do dólar

12 de novembro de 2013 | 08h13

Tóquio, 12/11/2013 - A bolsa de Tóquio teve alta neste terça-feira, com o dólar fortalecido impulsionando ações de empresas que dependem da cotação da moeda. Os resultados consistentes da agência de publicidade Dentsu e de outras companhias também incentivaram a elevação. O índice Nikkei subiu 2,2%, aos 14.588,68 pontos, na maior variação porcentual desde 9 de setembro.

Os índices de mercados futuros continuaram a ser beneficiados pelas expectativas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) pode decidir começar a diminuição de seu programa de estímulos no começo do ano que vem. A movimentação moderada do mercado de moedas, no entanto, não dá indícios de que os investidores estão apostando firmemente neste cenário. Em geral, o volume das transações da bolsa foi equilibrado.

"Não há muitas notícias ou dados inspiradores para os investidores basearem suas negociações, com a divulgação de resultados próximos do esperado e revisões de previsão pouco expressivas", disse o gerente de fundos do Shinkin Asset Managemente, Naoki Fujiwara.

As ações de empresas como a companhia de telecomunicação KDDI e a fabricante de robôs Fanuc superaram o mercado. Os ativos da KDDI subiram 5,1% e os da Fanuc tiveram alta de 2,4%. Empresas exportadoras também sustentaram ganhos por causa do iene depreciado. As ações da Honda Motor tiveram alta de 1,7% e da Fuji Heavy Industries subiram 2,6%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.