Nokia e Siemens unificam unidades em acordo de ? 25 bilhões

A finlandesa Nokia e a alemã Siemens concordaram em unificar as suas unidades de equipamentos telefônicos, num acordo estimado em ? 25 bilhões, informou The Wall Street Journal. O anúncio oficial deverá ser feito hoje.Segundo o jornal americano, esse acordo permitirá uma economia anual de ? 1,25 bilhão em pesquisas e projetos. O comando da nova empresa seria dividido em partes iguais, e ela seria presidida por Simon Beresford-Wylie, da Nokia. A Siemens não pretende deixar o setor de telecomunicações, mas deverá desempenhar um papel menor que a companhia finlandesa na nova operação.

Agencia Estado,

19 de junho de 2006 | 08h24

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.