Nossa Caixa fará nova oferta de ações na Bovespa

A Nossa Caixa vai realizar uma nova oferta secundária de ações. A instituição entrou hoje com o pedido da operação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O governo de São Paulo vai vender 18,847 milhões de ações ordinárias, com a possibilidade de colocar um lote suplementar de 2,827 milhões. Depois de estrear na Bovespa em 28 de outubro, com uma oferta que somou R$ 950 milhões, a Nossa Caixa volta ao mercado neste segundo semestre, conforme adiantou o editor Milton F.da Rocha Filho, da Agência Estado. O UBS será o líder da operação. Haverá esforços de venda dos papéis no exterior. As outras informações sobre o negócio serão divulgadas "oportunamente", segundo a instituição. Se a oferta for bem-sucedida, a Nossa Caixa pode vender mais 20% do capital no mercado. Atualmente, 29% da instituição está em circulação na Bovespa. Com essa nova oferta, a circulação de ações na Bolsa paulista pode atingir 49% do banco, exatamente o limite estabelecido pela Assembléia Legislativa. Dessa forma, o governo de São Paulo mantém o controle do banco, mas vende a participação máxima possível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.