Novo serviço une TV, celular e internet rápida

A diretora superintendente da TVA, Leila Loria, lembra quando tomou contato com o conceito de triple play, há alguns anos, num relatório da Booz Allen. "Era revolucionário", destaca. Atualmente, a oferta tripla de televisão, telefonia fixa e internet rápida por uma única empresa é uma realidade. Agora, as companhias se preparam para o próximo passo: acrescentar a telefonia móvel ao pacote de serviços, criando o sistema chamado de "quadruple play".A TVA deve anunciar hoje seu primeiro passo nessa direção. A empresa instalou uma rede WiMax, tecnologia de banda larga sem fio, em São Paulo. "O que está acelerando o processo é a mudança no comportamento do consumidor", afirma Leila. "Ele quer mobilidade, quer os serviços em qualquer dispositivo, em qualquer momento e em qualquer lugar." Na prática, o conceito de quadruple play significa que o consumidor pode ter um único fornecedor e uma única conta para telefonia móvel e fixa, TV e internet.Com a versão móvel do WiMax, adotada pela TVA, seria possível fazer telefonia via internet, mas, segundo a executiva, o foco do serviço é a transmissão de dados. "Para a telefonia, ainda existem aspectos regulatórios para serem resolvidos."A Net, maior operadora de TV paga do País, conversa com a Claro, empresa celular do mesmo grupo, para também formar o quadruple play. "É uma sinergia natural", afirma Márcio Carvalho, diretor de Produtos e Serviços da Net, mas diz que ainda não existe data para isto acontecer. Oportunidades nesta área serão discutidas no evento ABTA 2006, da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura, que começa amanhã em São Paulo.A Net começou a vender telefonia no trimestre passado, e conquistou 49 mil clientes de voz. A base de assinantes de internet cresceu 110%, para 532 mil. A empresa tem 1,6 milhão de clientes de televisão. Ou seja, um em cada três clientes assinam vídeo e internet. "A evolução da receita por cliente está totalmente relacionada com isso", diz Carvalho. A receita média por cliente avançou 12% no período, para R$ 120,71.PromoçãoE qual é o principal atrativo para o cliente? A princípio, preço. Na Net, o pacote com os três serviços sai a partir de R$ 99,90, numa promoção em que o cliente não paga a franquia do telefone por três meses. Se fossem comprados separados, sairiam por R$ 164,70. Na TVA, o pacote mais barato custa R$ 89,90. Fora do pacote, a conta ficaria em R$ 160,70. A TVA tem telefonia somente em São Paulo e planeja lançar o serviço no Rio no ano que vem. A Net oferece voz em nove cidades.Leila, da TVA, aponta que o conceito não vai além de vender mais barato: "É um relacionamento de longo prazo, onde quanto mais o cliente consome, mais vantagens recebe". Ela aponta mais vantagens, como receber tudo em uma só fatura e ter um único interlocutor em caso de dúvidas. "Mais de 90% dos clientes de telefonia assinam os outros dois serviços", diz Carvalho, da Net. Para as empresas, além do aumento da receita por cliente, os pacotes trazem fidelização. Acesso à internet e telefonia são mais difíceis de serem cancelados pelo cliente que televisão."Precisamos ter uma oferta completa de serviços", diz Alberto Blanco, diretor de Novos Negócios da Oi, operadora móvel da Telemar. Na quinta-feira, a Telemar comprou a Way Brasil, empresa de TV a cabo nas cidades de Belo Horizonte, Barbacena, Poços de Caldas e Uberlândia (MG). A aquisição ainda tem de ser aprovada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).Com a Way Brasil, a Telemar se torna quadruple play. A empresa também é parceira de telefonia da TVA em São Paulo. A Telefônica solicitou à Anatel uma licença de TV via satélite, enquanto a Embratel está no controle da Net. "Nos próximos anos, o mercado de vídeo é o que mais vai crescer e a telefonia fixa a que vai mais cair", diz Leila, da TVA. "É natural que as operadoras caminhem para esse mercado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.