Núcleo do CPI anual do Japão sobe 0,8% em agosto

O núcleo do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Japão avançou 0,8% em agosto em comparação com o mesmo período do ano anterior, refletindo que o aumento dos preços de energia e de importação está contribuindo para o objetivo do governo de acabar com a deflação.

AE, Agencia Estado

27 de setembro de 2013 | 05h27

O resultado ficou ligeiramente acima das previsões dos analistas consultados pela Dow Jones e pelo diário Nikkei que esperavam alta de 0,7% no oitavo mês do ano. Em julho, a inflação havia subido 0,7%.

Esta foi a primeira vez que houve três aumentos consecutivos do CPI anual do Japão desde 2012.

Os aumentos de preços sustentados são encorajadores para que o governo do Japão e o banco central se comprometam com o restabelecimento do potencial econômico de longo prazo do país. Em abril, o Banco do Japão (BoJ) se comprometeu a atingir um inflação de 2% em dois anos. O núcleo CPI não é positivo por um ano inteiro desde 2008 e não fica acima de 2% durante um ano inteiro desde 1992.

O CPI integral teve alta anual de 0,9% em agosto em relação ao oitavo mês de 2012, depois da alta de 0,7% em junho.

O núcleo do CPI para a área metropolitana de Tóquio subiu 0,2% em setembro em comparação com o mesmo mês de 2012. A inflação de Tóquio é visto como um indicador antecipado da evolução dos preços para o resto do Japão.O IPC geral de Tóquio subiu 0,5% no nono mês do ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
japãocpiinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.