Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

NY abre em alta com sinais de inflação sob controle

Números minimizam a decepção com projeções pouco animadoras da Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

16 de dezembro de 2011 | 12h37

As bolsas norte-americanas iniciaram o dia em alta, com a indicação de que a inflação está sob controle nos EUA minimizando as desapontadoras projeções feitas pela Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry. Mas o pregão pode ser pontuado por volatilidade, em meio aos vencimentos simultâneos de opções de ações e ETF de ações, de opção do índice de dezembro, de índices futuros e de futuros de ações. Às 12h34 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,68%, o S&P 500 operava em alta de 0,73% e o Nasdaq avançava 0,74%.

O índice de preços ao consumidor (CPI) ficou estável nos EUA em novembro na comparação com outubro, refletindo queda nos custos do segmento de energia, a qual minimizou pequena alta nos preços dos alimentos e outros itens.

Outra boa notícia foi de que os líderes do Congresso norte-americano evitaram um possível fechamento do governo e potencialmente abriram o caminho para extensão do corte do imposto sobre as folhas de pagamento, que está previsto para expirar no final do ano.

Já no noticiário corporativo, as ações da Research in Motion despencavam 10,8% após seu baixo lucro ter renovado dúvidas sobre a sobrevivência da empresa, em meio a um forte aumento da concorrência com a Apple e Google. A companhia também anunciou adiamento no lançamento de uma aguardada nova versão de seus produtos para até o final de 2012. No acumulado do ano, as ações da RIM já caíram 73%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.