NY abre em queda à espera de Bernanke, do Fed

O índice Dow Jones da Bolsa de Nova York abriu em queda hoje e, às 10h31, recuava 0,14%, seguido pelo índice Nasdaq, que caía 0,19% no mesmo horário. Os índices futuros do mercado acionário norte-americano seguem perto da estabilidade, mas mudaram de lado e passaram a sinalizar um rumo de queda leve para o início do pregão. O S&P 500 cedia 0,02% e o Nasdaq 100 futuro apresentava queda de 0,03%, às 10h21 (de Brasília). O mercado deve manter movimentos comedidos até que o presidente do Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano, Ben Bernanke, encerre seu discurso no simpósio econômico anual do Federal Reserve Bank de Kansas City, em Jackson Hole (Wyoming). Com o tema "integração econômica global: o que é novidade e o que não é?", o pronunciamento começará às 11 horas. A expectativa vigente é que Bernanke deve manter o script, evitando comentários de impacto nesse momento em que a economia parece caminhar para um pouso nos Estados Unidos. Além de Bernanke, o petróleo deve também guiar os negócios desta sexta-feira. O contrato futuro de petróleo bruto para outubro subia 1,30%, para US$ 73,30 por barril, na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) eletrônica, com as compras creditadas à possível formação de uma tempestade tropical no Caribe, que poderia se fortalecer e atingir a região rica em refinarias do Golfo do México. O embate do Irã com a Organização das Nações Unidas (ONU) sobre seu programa de enriquecimento de urânio também continuava dando suporte a compras, enquanto o seqüestro de funcionários da indústria petrolífera da Nigéria também foi citado como um fator para impulsionar os preços. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.