NY cai à espera de dados de venda de imóveis nos EUA

As bolas de Nova York abriram em queda nesta quinta-feira, o que indica que a disposição por realização dos ganhos de ontem pode se dissipar. No entanto, a tendência para o dia é incerta, uma vez que o mercado aguarda a divulgação de dados do setor imobiliário de fevereiro, enquanto pode assumir um ritmo de comedimento por conta da reunião do Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve, na próxima semana, que definir a taxa de juros dos Estados Unidos. Às 11h37, o índice Dow Jones caía 0,08%; o Nasdaq recuava 0,13%; e o S&P 500 registrava variação negativa de 0,05%. O indicador de vendas de imóveis usados de fevereiro sairá às 12 horas. A previsão de consenso dos analistas é de uma variação negativa de 0,9%, de um recuo de 2,8% registrado no mês anterior. O dado de auxílio-desemprego norte-americano, divulgado pela manhã, foi positivo, mostrando queda de 11 mil nas solicitações do benefício, ante a expectativa de recuo de 4 mil. As ações da Yahoo subiam 2,4%, no pré-mercado, e podem dar suporte a papéis do setor de internet, após o UBS ter elevado a recomendação para a empresa de busca online. A Adobe Systems cedia 4,5%, depois de divulgar, ontem à noite, uma previsão para o trimestre que, no piso, ficou abaixo das estimativas dos analistas. A companhia de softwares de design prevê lucro de US$ 0,30 a US$ 0,32 por ação no segundo trimestre, na comparação com a previsão dos analistas de ganho de US$ 0,30. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.