NY deve abrir em alta com rali da Apple no pré-mercado

Os índices futuros das bolsas de Nova York apontam para uma abertura em alta nesta segunda-feira, com um rali nas ações da Apple, após a decisão judicial que lhe deu vitória contra a Samsung na sexta-feira, ajudando a sustentar o sentimento do investidor. Às 10h15 (horário de Brasília), o índice futuro Dow Jones subia 0,21%, o Nasdaq avançava 0,59% e o S&P 500 ganhava 0,24%.

SERGIO CALDAS, Agencia Estado

27 de agosto de 2012 | 10h38

As ações da Apple subiam 2,52% no pré-mercado, sugerindo que um novo recorde de alta será registrado nesta segunda-feira, depois de a empresa ganhar um caso de patentes contra a rival sul-coreana Samsung, que foi condenada a pagar US$ 1,05 bilhão à fabricante do iPhone e iPad.

Também como resultado do veredicto, o Google recuava 1,88% antes da abertura, em meio à expectativa de que seja obrigado a alterar seu sistema operacional, o Android, para não violar patentes da Apple.

Já a ADS da finlandesa Nokia, um dos maiores rivais da Samsung, foi favorecida pela decisão a favor da Apple. A ação disparava 8,77%.

Entre outras empresas, a AOL avançava 4,4%, depois de anunciar que pagará um dividendo extra de US$ 5,55 e recomprar US$ 600 milhões em ações, como parte de um plano para destinar US$ 1,1 bilhão aos acionistas, e a locadora de veículos Dollar Thrifty ganhava 7,4%, após fechar sua venda para a rival Hertz, numa transação estimada em US$ 2,3 bilhões.

Também foi divulgada nesta manhã a produção do setor manufatureiro do Meio Oeste dos EUA, que cresceu 1,8% em julho ante o mês anterior, impulsionada por um aumento na produção de automóveis. O índice de atividade industrial da região, medido pelo Federal Reserve de Chicago, subiu para 95,6. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
NYbolsasApple

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.