NY sobe, mas Dow tem 1ª queda semanal desde 06/07

A Bolsa de Valores de Nova York fechou em alta nesta sexta-feira com as expectativas de que o Federal Reserve está pronto para estimular o crescimento da economia. O índice Dow Jones subiu 100,51 pontos (0,8%), para 13.157,97 pontos, a primeira alta desta semana.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

24 de agosto de 2012 | 18h18

O ganhos do dia anularam grande parte da queda de 115 pontos da véspera, revigorando o rali estabelecido nos últimos dias e que teve alta de quase 9% desde o começo de junho. O Dow Jones perdeu terreno esta semana, entretanto, caindo 87 pontos (0,7%), a primeira queda semanal desde 6 de julho.

O Standard & Poor''s subiu 9,05 pontos (0,7%), para 1.411,13 pontos, e o Nasdaq somou 16,39 pontos (0,5%), para 3.069,79 pontos.

As bolsas estenderam os ganhos no meio da manhã, após o Wall Street Journal ter reportado que o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, defendeu uma ação do BC para dar suporte à economia em uma carta ao deputado republicano, Darrell Issa. Bernanke também afirmou na carta que existe espaço para mais ação por parte do Fed para estimular o crescimento.

A divulgação da carta, com data de 22 de agosto, veio na sequência da ata do Fed distribuída esta semana, e que sugere um aumento no suporte dentro do BC para mais ação.

Na próxima semana, o foco de Wall Street será no simpósio do Federal Reserve de Kansas City, em Jackson Hole, onde Bernanke deve falar na sexta-feira.

A única divulgação econômica importante do dia veio confusa. As ordens de bens duráveis em julho subiram mais do que o esperado, em meio ao aumento na demanda por aviões e automóveis, mas dados como as encomendas de bens de capital não ligados a defesa excluindo aeronaves diminuiu 3,4%, sugerindo um grau de pessimismo sobre a recuperação da economia norte-americana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasNova Yorkfechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.