Ocean Air quer voar também para Bogotá e Caracas

O presidente da companhia aérea Ocean Air, Carlos Ebner, informou hoje que, além dos slots em aeroportos brasileiros, a empresa reivindica também da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) designação para voar para Bogotá, na Colômbia, e Caracas, na Venezuela.Segundo Ebner, a estratégia da empresa é consolidar seu crescimento na América Latina e, até o fim do ano, começará a voar para Los Angeles (Estados Unidos), onde já tem a permissão, completando a malha de vôos que já faz para Lima (Peru). Ele relatou que a empresa transportou, em junho deste ano, 51 mil passageiros e pretende chegar a pelo menos 150 mil por mês até o fim de 2006.Com isso, a empresa elevaria sua participação no mercado de 1,33% atualmente para 2% a 2,5%. O diferencial que a Ocean Air pretende oferecer para conquistar mais clientes são preços mais baixos, melhor serviço de bordo e conforto para os passageiros. "Detectamos que há um espaço para ocupar espaço entre os órfãos da Varig, que sempre fizeram questão desse conforto", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.