Ocean Air quer voar também para Bogotá e Caracas

O presidente da companhia aérea Ocean Air, Carlos Ebner, informou hoje que, além dos slots em aeroportos brasileiros, a empresa reivindica também da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) designação para voar para Bogotá, na Colômbia, e Caracas, na Venezuela.Segundo Ebner, a estratégia da empresa é consolidar seu crescimento na América Latina e, até o fim do ano, começará a voar para Los Angeles (Estados Unidos), onde já tem a permissão, completando a malha de vôos que já faz para Lima (Peru). Ele relatou que a empresa transportou, em junho deste ano, 51 mil passageiros e pretende chegar a pelo menos 150 mil por mês até o fim de 2006.Com isso, a empresa elevaria sua participação no mercado de 1,33% atualmente para 2% a 2,5%. O diferencial que a Ocean Air pretende oferecer para conquistar mais clientes são preços mais baixos, melhor serviço de bordo e conforto para os passageiros. "Detectamos que há um espaço para ocupar espaço entre os órfãos da Varig, que sempre fizeram questão desse conforto", comentou.

Agencia Estado,

19 de julho de 2006 | 13h17

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.