Oferta da Magnesita movimenta R$ 291,266 milhões e ação sai a R$ 8,25

Estreia das novas ações da Magnesita está prevista para terça-feira, dia 15 de fevereiro 

Vinícius Pinheiro, Agência Estado ,

14 de fevereiro de 2011 | 15h21

A oferta de ações da Magnesita Refratários movimentou até R$ 291,266 milhões, de acordo com dados registrados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O preço por ação foi definido em R$ 8,25, o que representa um desconto de 1,67% em relação ao fechamento no último pregão, quando o papel recuou 3,67%, para R$ 8,39.

A Magnesita pretende usar os recursos captados para liquidar parcialmente uma nota de crédito à exportação, cujo valor total é de R$ 704,1 milhões. O crédito foi tomado em março de 2008 do Itaú, banco que coordena a oferta de ações da companhia, e possui taxa de juros de CDI + 2,75%.

A oferta da Magnesita era de inicialmente 30.700.000 ações. Além do lote principal, a companhia registrou o suplementar, de 4.605.000 papéis, que se não for exercido em até 30 dias reduzirá o total da operação para R$ 253,275 milhões.

A estreia das novas ações da Magnesita está prevista para terça-feira, dia 15 de fevereiro. Além do Itaú BBA, a oferta é coordenada pelo Credit Suisse.

Tudo o que sabemos sobre:
MagnesitaaçãoCVMpreçooferta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.