Oferta pública da Taesa vai até 6 de maio

Companhia pretende adquirir ações representativas de 34,15% do capital social, o que corresponde a até 29.990.598 ações ON e até 59.981.196 ações PN

Luana Pavani, da Agência Estado,

22 de março de 2010 | 09h02

Começa hoje, dia 22, a oferta pública para aquisição de ações e units da Transmissora Aliança de Energia Elétrica, a Taesa, nova denominação da Terna Participações. A instituição intermediária é o Itaú BBA.

 

O leilão está marcado para 6 de maio, quando a companhia pretende adquirir ações representativas de 34,15% do capital social, o que corresponde a até 29.990.598 ações ordinárias e até 59.981.196 ações preferenciais, agrupadas ou não em units. Cada unit corresponde a uma ação ON e duas PN.

 

O preço por ação na OPA é de R$ 37,14 por unit e R$ 12,38 por cada ação ordinária ou preferencial - o mesmo preço da aquisição de controle da companhia, em 3 de novembro de 2009. Naquela ocasião, a Cemig Geração e Transmissão pagou R$ 2,148 bilhões pelas ações que a italiana Terna S.p.A detinha na Terna Participações, representando 85,28% do capital

votante e 65,87% do capital total. As ações foram transferidas para a Transmissora do Atlântico de Energia Elétrica, sociedade que a Cemig GT formou com o Fundo de Investimentos em Participações Coliseu, nas participações respectivas de 49% e 51%.

 

Em 28 de dezembro de 2009 ocorreu a cisão parcial da Taesa seguida de incorporação, passando o controle a ser detido pelo FIP Coliseu, com 43,48% do capital votante e 33,59% do capital total, e pela Cemig Geração e Transmissão, 41,78% do capital votante e 32,27% do

capital total.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Taesa, oferta, Transmissora Aliança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.