ONGC negocia parceria com BG, Petrobras e ENI

O grupo indiano Oil and Natural Gas Corp. (ONGC) está em negociações com diversas petrolíferas multinacionais para oferecer participação na exploração de blocos em águas profundas na costa da Índia, de acordo com um executivo sênior da ONGC. Entre as possíveis parceiras estão a italiana ENI SpA, o britânico BG Group e a brasileira Petrobras. "Nós (ONGC) estamos procurando parceiros para operar blocos em águas profundas", afirmou o executivo.As negociações estão em um estágio preliminar e ainda não foram definidos detalhes como quais blocos e quanto de participação serão oferecidos, acrescentou o executivo. Entre os blocos que provavelmente fazem parte dos planos da petrolífera está o do estado de Orissa, MN/DWN 2000/1. Uma parte dele pode ser oferecida à ENI, em uma operação que envolveria troca de ativos. Um porta-voz do grupo italiano disse que não faria comentários sobre especulações.A ENI e a ONGC têm um acordo de cooperação para atividades de exploração em águas profundas na Índia e em outros países. No ano passado, a ENI recebeu licença para exploração de dois blocos no país.A ONGC, maior produtora de petróleo e gás da Índia, precisa de parceiros que possam trazer tecnologia e expertise em exploração em águas profundas. A Petrobras tem a expertise necessária para explorar e extrair gás de blocos em águas ultra profundas, acrescenta.Em 2005, a ONGC e a BG Exploration & Production India Ltd., subsidiária do grupo BG, firmaram acordo de joint venture para desenvolver três blocos em águas profundas na costa leste da Índia.A ONGC fez uma grande descoberta de petróleo no campo de Mumbai High Offshore décadas atrás e atualmente luta para manter sua produção. Uma grande descoberta também ajudaria a Índia, que depende da importação de petróleo para atender quase três quartos de sua demanda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.