Opção de venda de CSN ON a R$ 34,50 lidera exercício

No total, o exercício movimentou R$ 2,29 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão em opções de compra e R$ 792,57 milhões em opções de venda, informou hoje a BM&FBovespa

Agência Estado ,

21 de fevereiro de 2011 | 15h16

A opção de venda de CSN ON a R$ 34,50 por ação movimentou R$ 273,2 milhões e liderou o exercício de contratos de opções sobre ações hoje. No total, o exercício movimentou R$ 2,29 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão em opções de compra e R$ 792,57 milhões em opções de venda, informou hoje a BM&FBovespa.

Entre as opções que registraram forte volume financeiro neste exercício também se destacaram: CSN ON a R$ 33,50 por ação, que movimentou R$ 265,3 milhões em opções de venda; Petrobrás PN a R$ 25,71 por ação, com R$ 218,2 milhões em opções compra; Vale PNA a R$ 47,73 por ação, com R$ 201,8 milhões em opções de compra; e Petrobras PN a R$ 23,71 por ação, com R$ 189,4 milhões em opções de compra.

A opção é um contrato que confere ao portador o direito de compra ou venda de um ativo a um preço predeterminado. O vencimento de opções é a data de validade desses contratos. A partir do dia seguinte, o detentor da opção não pode mais exercê-la. Por isso, no dia de vencimento das opções e nos dias imediatamente anteriores, o movimento da Bolsa pode sofrer distorções, com os investidores atuando de forma tal que os preços das ações se aproximem daqueles valores que mais os favorecem quando a opção for exercida.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaaçõesopçõesCSN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.