Operação da Alpargatas nos EUA começa em janeiro

O presidente executivo da São Paulo Alpargatas, Marcio Utsch, informou hoje que o escritório da empresa nos Estados Unidos começará a operar em janeiro de 2007. Segundo ele, será o primeiro passo da companhia no processo de internacionalização. O objetivo da Alpargatas no país é montar a estrutura de vendas e marketing e terceirizar a distribuição. "Teremos mais condições de posicionar o produto nos diversos canais e administrar os preços", justificou o executivo, que participou hoje do seminário Brasil com Z - Os Caminhos para a Internacionalização das Empresas Brasileiras, promovido pelo Grupo Estado. Atualmente estas atividades são realizadas em parceria com distribuidores locais. A projeção da Alpargatas é elevar o volume comercializado das sandálias havaianas, foco da estratégia, dos atuais 4 milhões de pares para 50 milhões até 2011 no país. A empresa, sediada em Manhattan, será uma subsidiária 100% controlada pela Alpargatas.Utsch destacou que os planos da companhia, após se estabelecer nos Estados Unidos, são montar escritórios em outros países sucessivamente, rumo à globalização. Hoje, as havaianas já são exportadas para 80 países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.