OSX poderá vender fatia na OGPar

A empresa de construção naval OSX, do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, avalia vender a participação a ser detida na OGPar (atual denominação da petroleira OGX, do mesmo grupo) após a reestruturação desta. No balanço do primeiro trimestre da companhia, divulgado na segunda, 16, a OSX afirma "para recompor o capital de giro necessário para continuidade de suas atividades, bem como para o desenvolvimento de seu Plano de Negócios, poderá buscar a obtenção de novos financiamentos, inclusive a colaterização e/ou monetização da participação da OSX no capital social da OGX reestruturada".

EULINA OLIVEIRA, Agência Estado

17 de junho de 2014 | 10h32

Segundo o documento, essa venda de fatia na atual OGPar está prevista no Plan Support Agreement (PSA) firmado entre as empresas no dia 24 de dezembro de 2013. Por ser prestadora de serviços à OGPar, a empresa de construção naval possui créditos a receber da petroleira. Tanto a OSX quanto a OGPar estão em recuperação judicial.

"Conforme estabelecido no plano de recuperação judicial, a OSX poderá, ainda, promover uma reestruturação societária de forma a obter a estrutura mais adequada para o desenvolvimento de suas atividades tal como redimensionadas no contexto de sua recuperação judicial e do seu plano de negócios", destaca a companhia.

A OSX fechou o primeiro trimestre deste ano com um prejuízo de R$ 2,638 bilhões. O balanço da companhia foi divulgado mais de um mês após o período regulamentar estabelecido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Tudo o que sabemos sobre:
OSXOGParvenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.