Ouro cai ao nível mais baixo desde 11 de outubro

Os preços do ouro caíram ao nível mais baixo desde 11 de outubro na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex). O mercado reagiu a declarações do presidente do Federal Reserve Bank de Atlanta, Dennis Lockhart, de que "as circunstâncias não descartam" uma discussão sobre o início da redução do programa de compras de bônus do Fed em dezembro.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

12 de novembro de 2013 | 17h56

Já o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher, afirmou que "em algum momento nós teremos de reduzir o ritmo de compras, mas isso não significa que vamos parar". "Rompemos o patamar de US$ 1.300 e não há compulsão para comprar ouro no momento. É um ativo que, realmente, tem de provar seu valor", disse Bill O''Neill, da Logic Advisors. Os contratos do ouro para dezembro fecharam a US$ 1.271,20 por onça-troy, em queda de US$ 9,90 (0,77%).

Tudo o que sabemos sobre:
Mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.