Ouro cai após Fed e fecha o mês com perda de 0,3%

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em queda nesta quinta-feira, 31, prejudicados pela alta do dólar após a manutenção pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) do seu programa de estímulos à economia.

Agencia Estado

31 de outubro de 2013 | 17h05

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para dezembro, caiu US$ 25,60 (1,9%), fechando a US$ 1.323,70 a onça-troy. No mês, a queda foi de 0,3%.

Na reunião de outubro, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) afirmou que a economia dos EUA continua a expandir em um ritmo moderado e que o mercado de trabalho mostrou melhoras. Além disso, garantiu a continuidade da compra de títulos de US$ 85 bilhões mensais.

Com o tom do Fed mais otimista que o esperado, investidores acreditam que uma redução de estímulos possa ocorrer mais cedo que o previsto. Com isso, o dólar se valorizou e tornou o ouro mais caro para detentores de outras moedas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.