Ouro cai com sanção branda à Rússia e dado dos EUA

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em baixa nesta segunda-feira, 28, mas longe das mínimas da sessão, ensaiando uma recuperação na medida em que as bolsas de Nova York perderam força.

STEFÂNIA AKEL, Agencia Estado

28 de abril de 2014 | 15h21

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para junho, perdeu US$ 1,80 (0,1%), fechando a US$ 1.299,00 a onça-troy.

Segundo Jeffrey Wright, diretor da H.C. Wainwright, as sanções mais brandas que o esperado impostas pelos EUA à Rússia e os números bons das vendas pendentes de imóveis motivaram os investidores a buscarem mercados de maior risco hoje, o que pressionou o ouro.

No entanto, no início da tarde, o otimismo perdeu força e as bolsas de Nova York se firmaram em queda, o que acabou ajudando o ouro a apagar boa parte das perdas e fechar mais próximo da estabilidade. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.