Ouro em NY sobe, com tensão no setor bancário europeu

O ouro no mercado futuro de NY fechou a quinta-feira, 10, na maior cotação desde 19 de março, reagindo às tensões no setor bancário na Europa. Os contratos com vencimento em agosto subiram 1,1% (US$ 14,90), para US$ 1.339,20 a onça-troy na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

FRANCINE DE LORENZO, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Agência Estado

10 de julho de 2014 | 16h01

Os preços saltaram ao maior patamar em quatro meses, com os investidores desviando as atenções das expectativas de aumento nos juros nos Estados Unidos para a instabilidade na Europa. Ontem o Espírito Santo Internacional (ESI), controlador do Banco Espírito Santo (BES), que é a maior instituição financeira de Portugal, atrasou o pagamento de cupons de títulos de dívida de curto prazo.

"Se isso está acontecendo em Portugal, por que não aconteceria em algum outro país da Europa, já que todos estão ligados por uma moeda comum?", questionou Thomas Capalbo, corretor de metais da Newedge em Nova York. Para ele, a situação em Portugal aumenta as incertezas no mercado e leva os investidores a buscar segurança no ouro.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.