Ouro fecha em alta após relatório de empregos nos EUA

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta quarta-feira, após o relatório sobre a criação de empregos no setor privado ter decepcionado e o mercado de ações sofrido forte queda. O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, subiu US$ 1,30 (0,1%), fechando a US$ 1.398,50 a onça-troy. O metal precioso, no entanto, fechou longe das máximas da sessão, com os investidores mostrando cautela antes da reunião desta quinta-feira, 6, do Banco Central Europeu (BCE).

AE, Agencia Estado

05 de junho de 2013 | 16h13

De acordo com o relatório da ADP, o setor privado dos Estados Unidos criou 135 mil empregos em maio, abaixo da previsão de 170 mil novas vagas. Além disso, o resultado de abril foi revisado para criação de 113 mil postos de trabalho, em vez de 119 mil como afirmado antes. Os dados da ADP são considerados um indicador do relatório mensal sobre o mercado de trabalho do governo dos EUA, que engloba também o setor público e será divulgado na sexta-feira, 7. Os números oficiais da administração norte-americana devem oferecer indícios sobre o que o Federal Reserve (Fed, o banco central do país) decidirá fazer com o programa de compra de bônus. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.