Ouro fecha em alta com queda do dólar

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para junho, ganhou US$ 24,90 (1,69%) e fechou a US$ 1.473,70 a onça-troy, o maior nível desde 12 de abril

Stefânia Akel, da Agência Estado,

08 de maio de 2013 | 15h57

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta quarta-feira, 8, no maior nível em quase um mês, impulsionados pela fraqueza do dólar e pela retomada da demanda física na Ásia.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para junho, ganhou US$ 24,90 (1,69%) e fechou a US$ 1.473,70 a onça-troy, o maior nível desde 12 de abril.

O dólar recuou ante as principais divisas na medida em que o euro ganhou terreno após a alta maior que a esperada da produção industrial alemã. A produção industrial da Alemanha, a maior economia da zona do euro, superou as expectativas em março, com um aumento de 1,2% na comparação com fevereiro, em base ajustada, segundo dados do Ministério da Economia.

A estimativa dos economistas consultados pela Dow Jones era de queda de 0,2%. O resultado é a segunda surpresa positiva sucessiva sobre a economia alemã, em seguida à publicação na terça, 7, de dados melhores do que o esperado sobre encomendas à indústria do país.

Com a queda do dólar, o contrato de ouro, precificado na moeda norte-americana, tornou-se mais barato para detentores de outras moedas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.