Ouro fecha em alta com temores sobre dívida na Europa

Os preços do contrato para junho subiram 0,71%, para US$ 1.162,20 por onça-troy

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de abril de 2010 | 16h28

Os preços dos contratos futuros do ouro encerram em alta na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), impulsionados pelas compras baseadas na busca por segurança, após o rebaixamento dos ratings da Grécia e de Portugal pela Standard & Poor's. No entanto, os rebaixamentos provocaram a queda de todos os outros metais preciosos, que são mais usados pela indústria do que o ouro, devido à aversão ao risco e às preocupações sobre a economia.

 

Os preços do contrato do ouro para junho subiram US$ 8,20, ou 0,71%, para US$ 1.162,20 por onça-troy. Adrian Ash, diretor de pesquisa da BullionVault.com., afirmou que o contágio dos temores sobre a dívida na Europa "prova mais um vez que nada funciona como o ouro quando você precisa de um hedge contra sua própria moeda".

 

Os preços do contrato da prata para maio recuaram US$ 0,218, ou 1,19%, para US$ 18,119 por onça-troy. Os contratos da platina para julho declinaram US$ 24,10, ou 1,38%, para US$ 1.720,90 por onça-troy. Os contratos do paládio caíram  US$ 17,45, ou 3,08%, para US$ 548,95 por onça-troy. As informações são da Dow Jones.

 

Tudo o que sabemos sobre:
commoditiesmetaisouroprataplatina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.