Ouro fecha em alta de 0,46% e aplicador espera Bernanke

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta segunda-feira, 15, se recuperando após a queda no pregão anterior. Segundo participantes do mercado, o metal precioso recebeu suporte da demanda física.

Agencia Estado

15 de julho de 2013 | 16h41

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, ganhou US$ 5,90 (0,46%), fechando a US$ 1.283,50 a onça-troy. "O ouro tem sido guiado pelo mercado físico, com joalheiros e outros consumidores aproveitando as recentes quedas nos preços para recompor seus estoques", disse James West, consultor de portfólio do Midas Letter Opportunity Fund. Ele alerta, entretanto, que alguns investidores tradicionais, como bancos centrais e fundos soberanos, ainda esperam por novas quedas nos preços.

O ouro tem encontrado suporte nos problemas da zona do euro, "onde a crise da dívida ainda é um fator onipresente e pode se acentuar a qualquer hora", afirmaram analistas do Commerzbank. Eles lembram que a agência de classificação de risco Fitch rebaixou na sexta-feira, 12, o rating da França para AA-, tirando a nota máxima do país.

Esta semana, os participantes do mercado devem ficar de olho no depoimento do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, no Congresso, na quarta e quinta-feira. "O mercado está esperando ter uma ideia melhor sobre o quão rapidamente o Fed planeja retirar seus estímulos", disseram analistas do Commerzbank. Fonte: Dow Jones Newswires. (Álvaro Campos - alvaro.campos@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.