Ouro fecha em alta pela 4.ª sessão consecutiva

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta segunda-feira pela quarta sessão consecutiva. O metal precioso foi ajudado por dados que mostram que a demanda chinesa aumentou na primeira metade de 2013. A recente alta nos preços do ouro motivou os investidores a desfazer apostas em preços menores, o que deu impulso extra ao metal nesta segunda-feira.

AE, Agencia Estado

12 de agosto de 2013 | 15h21

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para dezembro, ganhou US$ 22 (1,7%), fechando a US$ 1.334,20 a onça-troy. Mais cedo, a Associação de Ouro da China divulgou que o país consumiu 706,37 toneladas do metal nos primeiros seis meses de 2013, alta de 54% em relação a igual período de 2012. Alguns observadores do mercado preveem que a China passará a Índia e se tornará o maior consumidor mundial de ouro neste ano. "A demanda física por ouro parece atualmente compensar" o interesse mais fraco de investidores no metal, disseram analistas do Commerzbank. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.