Ouro fecha em alta pelo terceiro dia consecutivo

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta quarta-feira pelo terceiro dia consecutivo. O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, ganhou US$ 1,50 (0,1%), fechando a US$ 1.247,40 a onça-troy.

AE, Agencia Estado

10 de julho de 2013 | 16h25

O preço do metal precioso tocou a máxima de US $ 1.260,80 intraday, mas terminou a sessão abaixo desse nível, com os investidores se preparando para a divulgação da ata da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) e para o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, previsto para as 17h10 desta quarta-feira, em Boston.

A alta da commodity, cujo pregão regular encerrou 30 minutos antes da divulgação da ata do Fomc, continuou na sessão eletrônica. Após a divulgação da ata, os preços futuros do ouro seguiram em alta no pregão eletrônico e chegaram a US$ 1.258,30 a onça-troy diante da divisão interna do Fed sobre o futuro do programa de estímulo.

O ouro tem se beneficiado do programa de estímulo do Fed, uma vez que muitos investidores compraram o ativo como proteção contra riscos percebidos, como inflação mais elevada e dólar mais fraco. Agora, esses investidores temem que os preços do ouro percam sustentação na falta desse ambiente. "O mercado está começando a precificar a perspectiva de redução (do estímulo) do Fed", resumiu o diretor de Negociação de Metais da Vision Financial Markets, Dave Meger. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.