Ouro fecha em baixa por cautela com política do Fed

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em baixa nesta terça-feira, 4, caindo abaixo do patamar de US$ 1.400 reconquistado na véspera. Segundo analistas, os investidores continuam a buscar indícios dos planos do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) para o seu programa de compra de bônus.

Agencia Estado

04 de junho de 2013 | 15h37

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, caiu US$ 14,70 (1%), encerrando a US$ 1.397,20 a onça-troy.

"Por uma perspectiva de curto prazo, não há qualquer motivo forte para comprar ou vender ouro no momento", disse Richard Gotterer, do Wescott Financial Advisory Group.

Na segunda-feira, 3, o presidente do Fed de Atlanta, Dennis Lockhart, concedeu várias entrevistas para meios de comunicação nos EUA com o mesmo objetivo: avisar que o momento de mudança da política econômica se aproxima, mas, quando isso acontecer, os ajustes não serão tão grandes como alguns imaginam. "Estamos nos aproximando de um período no qual um ajuste nas compras de ativos pode ser considerado", disse em entrevista à Dow Jones. "Isso não será uma remoção decisiva da acomodação. Isso será uma calibragem do estado da economia e de sua perspectiva. Não é uma grande mudança na política e espero que os mercados entendam isso." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.