Ouro fecha em leve alta após dados mistos dos EUA

Os contratos futuros de ouro negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam o pregão desta terça-feira, 25, em leve alta após indicadores mistos dos Estados Unidos darem algum suporte à procura por ativos mais seguros.

MATEUS FAGUNDES, Agencia Estado

25 de março de 2014 | 16h09

O movimento de hoje mostra uma recuperação do metal precioso após atingir no fechamento de ontem o menor valor desde 13 de fevereiro. O ouro para abril, cujo contrato vence nesta quarta-feira, fechou em alta de US$ 0,20 (0,02%), a US$ 1.311,40 a onça-troy. A prata para maio fechou em queda de US$ 0,088 (0,44%), a US$ 19,979 a onça-troy, o sétimo recuo consecutivo.

Os dados da economia dos Estados Unidos divulgados hoje vieram em direções opostas. A alta no índice de confiança do consumidor norte-americano superou as expectativas de analistas em março, segundo dados fornecidos pelo Conference Board. As vendas de residências novas no país também foram melhores do que as previsões em fevereiro, recuando menos que o esperado.

No entanto, o índice de atividade regional do Federal Reserve de Richmond apresentou queda e os preços de moradias calculados pelo S&P/Case-Shiller avançaram menos do que o esperado.

"O noticiário misto desenhou um cenário complexo para o ouro hoje", disse disse Jeffrey Wright, diretor-gerente da HC Wainwright. Para o analista, parte da força do metal preciosos no pregão de hoje mostra uma "consolidação em torno do patamar de US$ 1.300,00 um dia antes do vencimento de opções de abril, que ocorre amanhã".

Tudo o que sabemos sobre:
ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.