Ouro fecha em queda após dados positivos dos EUA

Os contratos de ouro para dezembro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em queda nesta quinta-feira, 26, devolvendo grande parte dos ganhos da sessão anterior, após dados positivos dos EUA aumentarem o apetite dos investidores por risco.

Agencia Estado

26 de setembro de 2013 | 15h41

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para dezembro, teve queda de US$ 12,10 (0,9%), fechando a US$ 1.324,10 a onça-troy, após ter registrado alta de 1,5% ontem.

O metal precioso foi pressionado principalmente pelo anúncio de queda para 305 mil no número de pedidos de auxílio-desemprego na semana passada, bem abaixo dos 330 mil previstos. Com isso, o nível continua próximo das mínimas em seis anos. Também foi divulgada a terceira estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA. Embora a expansão tenha sido mantida em 2,5%, ante expectativas de revisão para +2,8%, o ritmo do crescimento continua relativamente forte.

"O ouro continua a sofrer com o progresso, mesmo que lento, das condições globais para um nível de recuperação maior", disse Jonathan Citrin, presidente do CitrinGroup. "Mas ainda há muitos riscos que podem se concretizar, principalmente com as conversas orçamentárias dos EUA novamente ficando para a última hora." Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.