Ouro fecha em queda após indicadores positivos dos EUA

Os contratos futuros de ouro fecharam em baixa nesta sexta-feira, 28, depois que indicadores econômicos positivos dos EUA superaram as expectativas do mercado. De acordo com analistas, o metal precioso foi alvo de realização de lucros, após os ganhos recentes, e houve uma amenização da demanda por ativos considerados como portos seguros.

LUCAS HIRATA, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2014 | 16h28

O ouro para abril caiu 0,81%, ou US$ 10,20, e fechou a US$ 1.321,60 por onça-troy, na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex). A prata para março teve queda de 0,51%, para US$ 21,204 por onça-troy.

O índice de atividade dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial de Chicago, medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM), contrariou a previsão de queda e subiu para 59,8 em fevereiro. Além disso, o índice de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan avançou para 81,6 em fevereiro, ante expectativa de estabilidade em 81,2, como no mês anterior. Outro indicador positivo veio do setor imobiliário, no qual as vendas pendentes de imóveis registraram a primeira alta desde junho do ano passado.

Os EUA também divulgaram a revisão para baixo do PIB do quarto trimestre de 2013. A economia norte-americana teve crescimento de 2,4% no ano, ante um avanço de 3,2% na estimativa anterior. A revisão já era esperada por analistas, principalmente devido ao impacto das

temperaturas baixas do rigoroso inverno nos EUA, e não teve grande efeito sobre os mercados.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.