PdVSA fecha acordo com Andrade Gutierrez

A Petróleos de Venezuela S.A. (PdVSA) assinou carta de intenções com o grupo brasileiro Andrade Gutierrez para a construção de um estaleiro na Venezuela. A petrolífera afirma em comunicado que esse é o primeiro passo rumo ao navio-tanque de produção venezuelana. As obras do estaleiro, que vai produzir navios-tanque com capacidade para até 400 mil toneladas, devem ser concluídas em quatro anos.A PdVSA está tentando estimular a produção no país com o objetivo de incentivar a criação de empregos. Além de entrar no negócio de construção de navios-tanque, a Venezuela também pretende começar a construir plataformas de petróleo nos próximos anos.A PdVSA tem planos de comprar 42 novos navios-tanque nos próximos seis anos ao custo de US$ 2,6 bilhões, segundo a companhia. Isso vai permitir ao grupo transportar 45% de sua produção de petróleo bruto, volume 12% superior ao atual. Além da construção doméstica de navios-tanque, a PdVSA encomendou navios de estaleiros na Argentina, Brasil e China. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2006 | 17h04

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.